segunda-feira, 3 de julho de 2017

Rosti de batata doce


Olhem como esse prato se insinua, como tenta nos seduzir. Só eu que escuto isso? Está pedindo aos gritos que o coloquemos na boca e nos deliciemos com seu gosto. (do filme Fuera de carta)



Por aqui no blog já passaram receitas de rosti de mandioca (um clássico aqui de casa) e de inhame. A última invenção foi este, de batata doce, que assim como as outras versões, é prático, fácil de fazer, rende um bom aproveitamento das sobras e permite muitas variações, por exemplo, adicionar ao purê de batata doce sálvia, salsinha, bacon, queijo, azeitonas, ou então rechear. 
Servi o rosti com um molhinho improvisado de cream cheese e cebolinha.  Não precisava, mas deu um charminho. 

Ingredientes 
2 batatas doces cozidas
1 cebola pequena em cubinhos
cebolinha picada
2 colheres de óleo

Modo de fazer
Em uma tigela, amassar a batata doce, temperar com sal. Não precisa ficar liso, pode ficar bem um purê bem rústico.
Aquecer o óleo em uma frigideira pequena, refogar a cebola, juntar a cebolinha e adicionar tudo à tigela com a batata. Misturar e despejar de volta na frigideira, pressionando e compactando com as costas da colher. Levar o fogo médio, sem mexer mais. Quando ficar tostado na parte de baixo, virar com ajuda de um prato e deixar  dourar o outro lado.

Um comentário:

arquivo

blogroll