sábado, 19 de janeiro de 2013

Risoto de costela... Te cuida, Gordom Ramsay...


A costela ensopada, cozida até ficar bem macia, deu o seu  melhor a este maravilhoso risoto. O  próprio caldo da costela foi usado para cozinhar o arroz. O risoto ficou perfeito, substancioso... Minha filha diz que foi um dos  melhores risotos que já fiz, e eu concordo! 

Ingredientes 
1,5 kg de costela 
sal, pimenta, óleo 
2 cebolas 
1 cenoura 
1 talo de salsão 
1 taça de vinho 
1 um litro de água ou caldo de carne
2 colheres de manteiga
500 g de arroz para risoto (usei carnaroli)
1 dose de cachaça
200 g de queijo parmesão ralado 
sal, pimenta, óleo, azeite extravirgem


Modo de fazer
Primeiro, temperei a costela com sal e pimenta. Piquei 1 das cebolas, a cenoura e o salsão em cubos grandes. Depois, aqueci um fio de óleo na panela de pressão e dourei  a costela, depois adicionei a cebola, o alho, a cenoura e o salsão. Uma vez refogados os legumes, joguei uma taça de vinho e um litro de caldo. Deixei cozinhar até a carne ficar bem macia, quase desfiando. Deixei esfriar, depois retirei a costela, reservando o caldo na panela, e desfiei a carne. 
Para preparar o risoto, coloquei o caldo para esquentar. Cortei a outra cebola em cubinhos bem miúdos.  Em uma panela, aqueci a manteiga em uma panela com um fio de óleo. Refoguei a cebola até ficar transparente, juntei o arroz e fritei,  mexendo. Juntei uma dose de cachaça, deixei evaporar. Aos poucos, fui adicionando o caldo do cozimento da costela, concha a concha, sempre mexendo, até o caldo ficar cremoso e o arroz al dente. Se o caldo da panela não for suficiente, acrescente mais água fervente.  Já pertinho do final do cozimento, juntei a costela desfiada. Provei o tempero. Para servir, juntei o queijo parmesão ralado e um fio de azeite. 

6 comentários:

  1. Risoto de costela é realmente uma delícia! Engraçado que acabei de ver uma receita de costela num outro blog agora pouco :-)
    Tem um restaurante aqui no Rio chamado Costelão que faz o maior sucesso com o risoto de costela. Eu adoro!

    ResponderExcluir
  2. Costela está com tudo, pelo jeito :) Como eu disse no post, me surpreendo porque as duas receitas de costela postadas há muito tempo estão entre as receitas mais visitadas do blog. Vê-se que a costela está muito além do churrasco :)

    ResponderExcluir
  3. Oi, Aline, obrigada pela visita, Sim, e tinto. Conta como ficou!

    ResponderExcluir

arquivo

blogroll